SOCIEDADE

A família Rothschield

A família Rothschild: riqueza e poder suficientes para desestabilizar governos e corporações


Entre o final do século VVIII e o início do século XIX, o banqueiro alemão May er Amschel Rothschild, domiciliado em Frankfurt - Alemanha, percebe o momento histórico e envia quatro dos seus filhos para as principais capitais européias, iniciando uma rede bancária privada.

O velho tinha detalhado a fórmula do seu sucesso para os filhos e com as filiais espalhadas nos principais centros financeiros da época criaram uma espécie de sistema financeiro privado, que usava até mesmo um dialeto próprio da família para preservar os segredos das suas cartas estratégicas.

Durante as guerras napoleônicas a família financiou os dois lados do conflito, seguindo a risca uma das recomendações do patriarca. Em troca do dinheiro para a guerra, os financiadores exigiram a presença de um homem de sua confiança junto à liderança militar. Ninguém achou aquilo problemático e então a fonte instalada na frente de batalha trouxe à família a notícia da vitória inglesa diante da França de Napoleão.

Natan Rothschild, responsável pela filial londrina, seguiu para a bolsa e começou a vender os títulos para seus irmãos, fingindo segredo. Como os banqueiros sabiam das informações privilegiadas de que dispunha a família Rothschild, deduziram que Natan vendia os títulos porque sabia
da derrota inglesa.

Todos puseram os títulos à venda e os preços despencaram em pouco tempo. Sem alarde os irmãos de Natan compraram quase todos os títulos
da coroa inglesa por preços inferiores a 10% do seu valor de face. Algumas horas depois chegaria a notícia da vitória inglesa e os títulos comprados a preço de banana agora representavam a mais poderosa nação européia e a Casa Rothschild era dona de grande parte disso.

A fortuna da família desde então não parou de crescer e está espalhada por diversos segmentos, como imobiliário, mídia e energia. O sobrenome também representa uma tradição vinicultora e até um entomologista, profundo conhecedor de borboletas, que descobriu espécies e deu a uma delas o seu nome.

A principal área de atuação dos Rothschild continua sendo o setor financeiro. São dezenas de bancos, fundos e centenas de associações em todos os cantos, que influenciam decisivamente o fluxo de capitais e podem desestabilizar empresas, políticos e até governos que se oponham aos seus interesses.

Por se tratar de uma família reclusa, que detesta aparecer, pouco se fala do seu poder. Apesar de ter virado quase que um símbolo da riqueza, o sobrenome Rothschild continua obscuro, exceto no Brasil, onde ele é absolutamente desconhecido. Em sua maioria o povo brasileiro nem imagina que exista uma família com tanto dinheiro e poder e, principalmente, que este poder exerça alguma influência sobre a sua vida.

As relações da família Rothschild com o Brasil, no entanto, são estreitas e antigas. A aquisição do Acre e a guerra com o Paraguai são exemplos de participação da família nos fatos da história brasileira.

Os Rothschild têm uma fortuna imensa e um poder incalculável. Eles são o principais controladores do Federal Reserve e mesmo assim não aparecem em listas, matérias, festas ou badalações. Nunca são vistos nem mesmo nas reuniões e eventos dos clubes e entidades que sustentam. A fortuna da família só não é maior do que a discrição e os segredos que a cercam.

Existem evidências de ser esta a família que financiou os futuros bilionários americanos do petróleo, das finanças e da indústria, entre eles Morgan, Schiff, Harriman e Rockefeller.

Alguns fatos interessantes sobre a família Rothschild

Participação na independência do Brasil

No início do século 19, o Império Brasileiro tentava se tornar independente de seus senhores em Portugal. Isso significava guerra, então, depois de uma série de batalhas, Portugal concordou ... mais ou menos.

Eles concordaram que o Brasil poderia ser independente se basicamente pagassem a Portugal pela honra. Bem, é aqui que entra Nathan Mayer Rothschild. Portugal queria 2 milhões de libras esterlinas e Rothschild foi quem pagou. Agora, o Brasil tinha que concordar em pagar qualquer dívida do governo português para com a empresa de Rothschild, que apenas com os juros deve ter gerado um lucro decente. Isso mostra a influência que os Rothschild's tiveram nos assuntos políticos.

Eles estão por trás de uma das maiores empresas de mineração do mundo

Rio Tinto, uma empresa de mineração com sede em Melbourne, Austrália, foi fundada por uma empresa Rothschild. Fundada em 1873 por um grupo de investidores que comprou do governo espanhol um complexo de mina na Espanha.

Foi no final da década de 1880 que os Rothschilds se envolveram com a empresa e sua produção aumentou. A empresa agora produz minério de ferro, cobre, urânio, carvão, diamantes e muito mais. A empresa está em todo o mundo e opera por meio de várias subsidiárias. Há rumores de que a própria rainha Elizabeth é acionista por meio de uma conta bancária privada. A mineração é apenas um empreendimento do qual a família empreendedora Rothschild faz parte.

Casamentos entre primos

Como muitas famílias de status real e nobre, casar era aparentemente um acontecimento importantes entre os Rothschilds. Casamentos de primos não eram incomuns. Era uma forma de manter a posição real / nobre / financeira estratificada e contida.

Mayer Amschel Rothschild, o fundador da família, concordou claramente com essa forma de pensar. Ele organizou as coisas para que os membros femininos fossem limitados em quem eles poderiam se casar ... se quisessem sua herança.

Se eles queriam sua vasta herança, eles tinham que se casar com seus primos. Da perspectiva de Rothschild, era a melhor maneira de manter o dinheiro da família e fora do alcance de estranhos.

Eles definem o preço do ouro

Em 1919, os Rothschilds e seus colegas, comerciantes líderes da indústria, começaram a se reunir duas vezes por dia para definir o preço do ouro. O ouro se tornou um dos ativos mais valiosos da família e eventualmente se tornou uma referência entre os mercados mundiais.

As reuniões aparentemente aconteceram assim: vários participantes enviariam seus representantes aos escritórios Rothschild. Eles então ligariam para sua sala de operações e aumentariam o Union Jack. Depois que todas as bandeiras foram baixadas, o preço foi acertado. As reuniões diárias continuaram de 1919 a 2004, quando o Barclays assumiu o lugar que os Rothschilds uma vez ocuparam.

Eles são a família mais rica de todos os tempos

Já ouvimos falar dos Rockefellers, dos Trumps ... dos Kardashians. E sim, nós ouvimos falar dos Rothschilds, mas sua relativa privacidade em comparação com outras famílias ricas torna difícil acreditar que eles são realmente a família mais rica de todos os tempos.

Você não encontrará seus nomes na lista da Forbes, no entanto. A riqueza foi distribuída ao longo dos séculos entre dezenas e dezenas de herdeiros, diluindo a fortuna. Mas não se engane, eles são muito ricos. A estimativa - a estimativa baixa, veja bem - é que eles têm US $ 350 bilhões em ativos. Estimativas mais altas, e possivelmente mais precisas, colocam sua riqueza em torno de US $ 1 trilhão.

Referências: Livro Introdução à Nova Ordem Mundial e theclever.com

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Para conquistar um mundo de covardes e pessoas que não gostam de pensar, basta remover a resistência.

Siga no Facebook  |   Contato
© Atividade Oculta

Pesquisar