Sociedade

O crescimento do poder do Estado sobre a sociedade em um cenário de pandemia escrito há 10 anos


O crescimento do poder do Estado sobre a sociedade em um cenário de pandemia escrito há 10 anosA vida no mundo como nós conhecíamos está mudando. Sendo esta pandemia real ou não, governos no mundo todo estão a cada dia impondo às pessoas mais restrições. A liberdade e os direitos individuais estão sendo eliminados por causa de decisões políticas em nome do “bem da sociedade”. Muitas pessoas estão defendendo as ações dos governantes por estarem ainda em uma situação confortável.

Se pararmos para pensar em tudo que nos é despejado diariamente pela mídia, pelo governo e até por órgãos internacionais como a OMS (que já mudou suas declarações várias vezes), percebemos que estamos em um cenário de incertezas. Ninguém realmente sabe como este vírus atua, pois diariamente surgem novas teorias.

A ciência é falível e parcial até que possa demonstrar por meio de experimentos que uma determinada teoria é verdadeira. O que a ciência está dizendo agora, de forma simples, é que não sabe ainda como lidar com este vírus. O cenário ainda é de desconhecimento e incertezas.

Por outro lado, os governantes precisam mostrar para a população que possuem conhecimento, segurança e que estão no domínio da situação. Isolamento social, quarentena, lockdown são decisões profundamente políticas e não científicas. São escolhas dos governantes levando em conta a opinião pública e os recursos que eles têm disponíveis. E o que a ciência parece estar dizendo agora é que ainda não tem certeza de nada.

As necessidades das pessoas em uma sociedade são diferentes. O que pode ser bom para alguns pode ser ruim para outro. Quando um governante toma decisões em que ele decide o que é bom para a sociedade, nivelando todos, os problemas começam a aparecer. A história está repleta de exemplos que governantes que tomaram decisões para o "bem da sociedade". Talvez o exemplo mais conhecido disso tenha sido a Alemanha nazista, onde um governante, baseado na ciência, decidiu o que seria melhor para o povo. O mundo inteiro conheceu as conseqüências dos seus atos.

O que está acontecendo no Brasil

Governantes no mundo todo tem tomado decisões que afetam diretamente a vida das pessoas. E no Brasil não é diferente.

No dia 09/07/2020 temos a matéria publicada no portal G1:

Crivella diz que só libera praias do Rio após vacina.

... a prefeitura informou que vai multar os banhistas que desrespeitarem a regra de não permanecer nas praias. "Vamos multar a partir desse fim de semana em R$ 107 por crime de desobediência", advertiu o prefeito.

 

Em Porto Alegre o prefeito Nelson Marchezan Júnior decretou o bloqueio do vale-transporte de trabalhadores se serviços que ele julga não serem essenciais. A matéria é do G1:

Vale-transporte de serviços não essenciais são bloqueados em Porto Alegre

“ Os créditos de vale-transporte de empresas com atividades não essenciais, proibidas de funcionar, serão bloqueados por 15 dias, a partir desta quinta-feira (9), em Porto Alegre. O bloqueio está previsto no decreto municipal publicado na segunda (6). ”

Em Bragança Paulista, no Estado de São Paulo, a prefeitura publicou decreto que obriga as pessoas a caminharem em sentido único nas calçadas. A matéria é do site da revista Época:

Decreto determinando que pedestres andem em sentido único nas calçadas

“ A prefeitura de Bragança Paulista, cidade a 87 km de São Paulo, publicou um decreto determinando que pedestres andem em sentido único nas calçadas da Região Central. A medida tem o objetivo de ajudar no combate a contaminação pelo novo coronavírus ao evitar o contato facial entre as pessoas nas ruas. ”

O governo do Estado de São Paulo impôs multa de R$ 500,00 para quem não usar máscara em locais públicos. A matéria é do site G1:

Governo de SP anuncia multa de R$ 500 para pessoas que ficam sem máscaras em áreas públicas

“A pessoa física que desrespeitar a determinação terá que apresentar seus documentos para a emissão da multa. E, em caso de resistência, a PM poderá ser acionada. "A responsabilidade é da Vigilância Sanitária dos estados e dos municípios. Se houver necessidade, a vigilância poderá recorrer à Polícia Militar o Guarda Civil Municipal", declarou Doria.”

O prefeito de Porto Seguro na Bahia decretou toque de recolher na cidade. A matéria é do site PNotícias:

“ De acordo com o anúncio da prefeitura, durante esse período, as pessoas não poderão circulas nas ruas entre 20h e 5h, podendo funcionar nesse horário apenas funerárias, vigilância patrimonial, partículas e policial, além do transporte de trabalhadores .”

Já é de conhecimento de muita gente também que a tecnologia está sendo cada vez mais empregada para restringir a liberdade das pessoas, rastreamento de celulares, drones e câmeras de vigilância que podem medir a temperatura do corpo.

E, acredite ou não, este cenário que começa a se desenvolver já foi previsto em um relatório feito por Peter Schwartz para a Rockefeller Foundation em 2010.

Os quatro possíveis cenários futuros previstos por Peter Schwartz são Lock Step (Etapa de Fechamento), Clever Together (Inteligentemente Juntos), Hack Attack (Ataque de Hackers) e Smart Scramble (Corrida Inteligente). Mas aqui, vamos nos deter à apenas um dos cenários, o Lock Step.

Scenarios for the Future of Technology and International Development

Lock Step

Neste cenário, Peter Schwartz prevê uma pandemia para o ano de 2012, mais perigosa do que a H1N1 de 2009 que supostamente se originou de gansos selvagens. Em um trecho ele descreve:

“ A pandemia também teve um efeito mortal nas economias: a mobilidade internacional de pessoas e bens parou, debilitando indústrias como o turismo e quebrando as cadeias de suprimentos globais. Mesmo localmente, lojas e edifícios comerciais normalmente movimentados ficavam vazios por meses, desprovidos de funcionários e clientes. ”

Um descrição assustadoramente precisa do que o mundo está vivendo hoje. Mas não para por aí. Em outro trecho do cenário ele diz:

“ Durante a pandemia, líderes nacionais em todo o mundo fizeram uso de sua autoridade e impuseram regras e restrições herméticas, desde o uso obrigatório de máscaras faciais até a verificação da temperatura corporal nas entradas de espaços comuns, como estações de trem e supermercados. ”

Coincidência ou não, isso foi “previsto” há dez anos atrás. É uma descrição exata da nossa realidade atual.

E aqui ele descreve as ações que nossos governantes têm tomado para conter a “pandemia”:

“ A princípio, a noção de um mundo mais controlado ganhou ampla aceitação e aprovação. Os cidadãos cederam voluntariamente parte de sua soberania - e sua privacidade - a estados mais paternalistas em troca de maior segurança e estabilidade. Os cidadãos eram mais tolerantes, e até ansiosos, pela direção e supervisão de cima para baixo, e os líderes nacionais tinham mais liberdade para impor a ordem da maneira que entendessem. Nos países desenvolvidos, essa supervisão ampliada assumiu várias formas: identificações biométricas para todos os cidadãos, por exemplo, e regulamentação mais rigorosa das principais indústrias cuja estabilidade foi considerada vital para os interesses nacionais. ”

Neste cenário, Peter Schwartz também descreveu o que aconteceu depois que a pandemia foi controlada e possivelmente o que ainda está para acontecer caso não haja reação da sociedade.

“ Mesmo depois que a pandemia desapareceu, esse controle e supervisão mais autoritária dos cidadãos e de suas atividades continuaram e se intensificaram. Para se protegerem da propagação de problemas cada vez mais globais - de pandemias e terrorismo transnacional a crises ambientais e aumento da pobreza - líderes em todo o mundo se apoderaram mais firmemente do poder. ”

Este relatório incrivelmente preciso sobre a situação do mundo atualmente faz questionar se de fato isso tudo não foi planejado previamente pela elite que controla o mundo e que já está anunciando um “grande reset”. Ainda mais sabendo que este trabalho parece ter sido encomendado pela Rockefeller Foundation, cuja família pertence a esta elite mundial.

Caso você tenha interesse em ler o relatório completo (em inglês), deixo o link para download aqui.

Tempos sombrios estão chegando. A vida, principalmente nas grande cidades, será sem liberdades individuais e altamente controlada pelo Estado. Talvez a hora de deixar os grandes centros urbanos seja agora.

 

Édson de Oliveira

 

Para conquistar um mundo de covardes e pessoas que não gostam de pensar, basta remover a resistência.

Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
© Atividade Oculta

Pesquisar