Meio Ambiente

Temporais: mortes e destruição em Minas Gerais


Temporais em Minas GeraisAté a data de hoje, a defesa ciivil do estado já registrou 52 mortes por causa das fortes chuvas que castigam a região. As mortes foram registradas em 16 cidades, sendo a maioria na capital, Belo Horizonte.

O número de pessoas afetadas subiu de 18.111 para 33.408 entre segunda, 27 e terça, 28. Os desalojados totalizam 28.893, enquanto os desabrigados chegaram a 4.397. Os desalojados são as pessoas que tiveram de deixar suas casas mas que não necessariamente precisa do auxílio do governo. Já os desabrigados são pessoas que perderam seus lares e necessitam de auxílio do governo.

O site O Povo Online destaca

Os óbitos foram causados por desabamento, desmoronamento e soterramento, comando 42 casos. Oito pessoas faleceram após serem arrastadas pelas águas, enquanto outros dois episódios ocorreram em razão de afogamentos. Do total, 26 aconteceram na Região Metropolitana de Belo Horizonte e 26, em cidades do interior. Uma pessoa ainda está desaparecida, no município de Conselheiro Lafaiete. Outras 65 pessoas estão feridas e foram encaminhadas para hospitais nas respectivas cidades.

O site da Revista Veja eleva o número de mortos para 53

Fortes pancadas de chuvas voltaram a castigar Minas Gerais na noite de terça-feira 28, elevando o número de mortos nos temporais dos últimos dias para 53, informou a Defesa Civil do estado. A 53ª vítima foi um homem que morreu soterrado na cidade de Nova Lima na noite de terça.

O vídeo abaixo mostra como ficou um bairro da capital

 

Este vídeo de 4 dias atrás mostra o volume das águas

 

Antes e depois

Abaixo, a combinação de fotos mostra a Avenida Prudente de Morais, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, em imagem de outubro de 2018, e depois de ser destruída pelas chuvas desta semana — Foto: Reprodução/Google; Marcelo Lajes/TV Globo.

Engenheiro Carlos Goulart antes

Engenheiro Carlos Goulart depois

 

Combinação de imagens mostra a Av. Engenheiro Carlos Goulart no Buritis, Região Oeste de Belo Horizonte, nesta quarta-feira (29) e em imagem de novembro de 2018 — Foto: Reprodução/Google; Raquel Freitas/G1.

carlos goulart antes

carlos goulart depois

Atividade Oculta

 

Para conquistar um mundo de covardes e pessoas que não gostam de pensar, basta remover a resistência.

Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
© Atividade Oculta