Meio Ambiente

Uma praga de gafanhotos de proporção bíblica está levando milhões à fome


Uma praga "bíblica" de gafanhotos está levando milhões à fomeBilhões de vorazes gafanhotos do deserto estão devorando colheitas em uma vasta parte do mundo, que se estende desde o leste da África até a Índia. Essa praga sem precedentes deveria estar desaparecendo a essa altura, mas surgiu uma quarta geração de gafanhotos que produz enxames “até 8.000 vezes maiores” do que os do início deste ano.

Alguns desses enxames são do tamanho de grandes cidades, e podem viajar até 150 quilômetros por dia. Quando chegam em uma fazenda, podem literalmente comer tudo em apenas 30 segundos.

Como esses enxames não estão afetando alguns países, a maioria destas pessoas não entende a imensa devastação que está acontecendo do outro lado do mundo. A ONU está avisando que a fome em massa está chegando, e nos avisaram que ela começará no final deste.

Cada gafanhoto do deserto é muito pequeno, mas juntos eles podem consumir grandes quantidades de comida. Segundo a ONU, um enxame que contém entre 40 e 80 milhões de gafanhotos pode comer "a mesma quantidade de comida em um dia o equivalente a três milhões de pessoas".

O vídeo abaixo vem da BBC:

 

 

E é importante lembrar que enxames colossais de gafanhotos vêm destruindo inúmeras fazendas dia após dia há muitos meses. O que já testemunhamos é suficiente para constituir uma grande emergência mundial. Agora o Comitê Internacional de Resgate está nos dizendo que esta última geração de gafanhotos é de longe a pior...

 

Uma quarta geração de gafanhotos do deserto até 8.000 vezes maiores do que os enxames anteriores poderia destruir as colheitas no início da estação e deixar milhões enfrentando insegurança alimentar e fome", explicou a organização em um comunicado.

 

Quando esses enxames de gafanhotos se aproximam de uma área, eles podem ser tão espessos que literalmente bloqueiam o sol. As autoridades pulverizaram com pesticidas, mas quando etamos falando de incontáveis ​​milhões de gafanhotos em um único enxame, matar milhares deles não tem muito efeito.

Essa nova geração está atingindo a África novamente, mas o que surpreendeu muitos especialistas é que também está atingindo o Paquistão e a Índia.

Uma fonte de notícias britânica está usando o termo "bíblico" para descrever a infestação que o Paquistão está enfrentando, e o governo paquistanês foi recentemente forçado a declarar uma emergência nacional por causa dos gafanhotos…

 

Dezenas de milhões de pessoas estão preparadas para enfrentar a escassez de alimentos no continente depois que uma praga de gafanhotos iniciou um caminho de destruição na Índia e no Paquistão. No Paquistão, uma emergência nacional foi declarada depois que um surto de gafanhotos, em escala bíblica, causou estragos em terras agrícolas no leste do Punjab, sul de Sindh e sudoeste do Baluchistão.

 

Na Índia, um especialista está dizendo que esses gafanhotos são diferentes de tudo que sua nação já viu antes ...

 

Bhagirath Choudhary, diretor do Centro de Biotecnologia do Sul da Ásia, com sede em Nova Délhi, disse a um grupo de especialistas em agricultura: "Nunca vimos o que está acontecendo nos últimos seis meses na Índia - nunca na história".

 

Infelizmente, a maioria das pessoas que vivem em outras regiões do mundo nem sabem que isso está acontecendo.

A grande mídia tem se concentrado tanto no COVID-19 e em toda a agitação que eclodiu, mas essa gigantesca praga de gafanhotos também deveria estar nas manchetes da primeira página.

As coisas pioraram tanto que o diretor executivo do Programa Mundial de Alimentos da ONU avisa que estamos enfrentando "a pior crise humanitária desde a Segunda Guerra Mundial", e ele declarou publicamente que centenas de milhares de pessoas em breve estarão morrendo de fome todos os dias ...

 

" Se não pudermos alcançar essas pessoas com a assistência que elas precisam, nossa análise mostra que 300.000 pessoas podem morrer de fome todos os dias durante um período de três meses", afirmou. "Isso não inclui o aumento da fome devido ao COVID-19 ".

 

Felizmente, não estamos enfrentando fome iminente aqui no Brasil. Mas isso não significa que estará tudo bem nos próximos meses.

Pelo menos, não há ainda gafanhotos comendo nossas colheitas.

Devemos usar o tempo que temos para nos preparar para o que mais está por vir, porque a verdade é que esta “tempestade perfeita” está apenas começando.

 

Texto adaptado de Michael Snider
Tradução: Édson de Oliveira

Para conquistar um mundo de covardes e pessoas que não gostam de pensar, basta remover a resistência.

Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
© Atividade Oculta

Pesquisar