Ciência e Tecnologia

As máquinas nos treinaram para a obediência


https://www.darkmoon.me/2020/the-machines-have-us-trained-for-obedience/Muitas décadas atrás, houve uma edição da revista em quadrinhos Mad, que retratava um tempo futuro em que tudo era feito por robôs e os humanos não tinham mais função. Um dia o sistema falhou. Como faziam muitas eras desde que os humanos realizavam atividades, ninguém sabia como consertar o sistema. Era a versão em quadrinhos do Armageddon.

Eu acho que é para onde a revolução digital está nos levando. Lembro-me de quando os aparelhos e os carros reagiam aos humanos, e agora os humanos respondem a eles. Quando eu cresci, os carros e os eletrodomésticos não tocavam "bip-bip" para lembrá-lo das coisas que você deveria fazer, como desligar as luzes do carro e tirar as chaves da ignição ou desligar o forno ou fechar a geladeira.

Os carros, exceto os carros esportivos britânicos, não tinham cintos de segurança. Hoje, um carro não para de apitar até você colocar os cintos de segurança. Ouvi dizer que logo os carros não ligarão até que os cintos de segurança sejam colocados.

Quando a equipe terceirizada da empresa de energia elétrica falhou em colocar aterramento na minha casa e queimaram quase todos os aparelhos, a empresa substituiu tudos de forma proporcional, o que me custou milhares de dólares. A pior parte disso é que os novos aparelhos começaram a mandar em mim.

O velho microondas emitia um bipe suave três vezes e parava. O novo emite um sinal sonoro da maneira mais insistente - abra a porta agora - e continua insistindo até eu obedecer. A geladeira se recusa a deixar deixá-la aberta para a limpeza. O forno insiste que eu o abra imediatamente, apesar do meu hábito de reduzir o tempo e deixar o que for para cozinhar por mais tempo no forno quente.

Aqui está uma explicação de como nossos aparelhos elétricos nos espionam e transmitem as informações às partes interessadas.

Carros autônomos parecem ser o nosso futuro, e os robôs estão tirando nossos empregos ainda mais rápido do que as empresas globais os distribuíram pelo mundo.

Para que exatamente os humanos serão bons? Talvez em mais nada...

Por que precisamos de uma carteira de motorista quando os carros dirigem sozinhos? Se houver um acidente, quem é o culpado? A empresa que fabricou o carro? A empresa responsável pelo software? Qual é o sentido do seguro de automóveis quando os motoristas não têm mais responsabilidade?

Talvez seja verdade que alienígenas estejam vivendo entre nós. A linguagem deles é "beep-beep" e eles estão usando nossas máquinas e carros para nos treinar, como os cães adestrados, a responder ao seu comando.

Lembro-me de quando os telefones eram uma conveniência antes de se tornarem um incômodo. Quando minha linha fixa toca, 95% das vezes é um engano ou uma ligação de telemarketing, com voz robótica. Agora, um homem ouvirá uma voz feminina sexy, e uma mulher ouvirá a voz de um cavalheiro cortês, mas ninguém quer mais ouvir a voz de uma máquina. Então, por que as chamadas? Por que as empresas de telefonia permitem que seus clientes sejam enganados e que sua privacidade seja constantemente invadida? 

A mesma coisa, me disseram, acontece com os usuários de telefones celulares. Recentemente, tive que adquirir um telefone "inteligente", porque duas pessoas que preciso contactar apenas respondem a mensagens de texto. Eles se recusam a atender qualquer telefone, e o email é tão invadido por golpistas, malware e profissionais de marketing que eles não o utilizam. Eles nem configuram o sistema de mensagens em seus telefones celulares. Se você tentar ligar para eles, receberá a mensagem de que a pessoa para a qual você está tentando ligar não configurou sua caixa de mensagens.

Então aí está. Exceto pelas mensagens de texto, que ainda não podem ser feitas com uma linha fixa, os telefones são um incômodo.

Crescendo em Atlanta durante a década de 1940 e no início da década de 1950, você não podia fazer uma chamada pelo telefone. Quando você atendeu o telefone, uma operadora da AT&T respondeu e perguntou: “número, por favor”. Você deu o número a ela, e ela tocou e conectou você. Se você não sabia o número, pediu informações. Se você sabia o nome completo e talvez o endereço, recebia o número de telefone.

A tecnologia está destruindo a nós e ao planeta. A poluição da tecnologia é fenomenal. A destruição da privacidade, identidade e liberdade pela revolução digital está muito além da imaginação de George Orwell. Os humanos despreocupados dormem com seus aparelhos de celular que os estão escravizando. Acham que estão no controle, mas não controlam mais nada.

Esse resultado é facilmente observado na China, onde o governo usa a espionagem universal para construir para cada pessoa uma pontuação de crédito social. Se essa pessoa é dissidente, tem maus hábitos etc., recebe uma pontuação muito baixa para se qualificar para um empréstimo, ingresso na universidade, emprego etc. e se torna excluído da sociedade. 

 

Texto de Paul Craig Roberts
Tradução - Édson de Oliveira

Para conquistar um mundo de covardes e pessoas que não gostam de pensar, basta remover a resistência.

Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
© Atividade Oculta