Siga a página no Facebook
config

    História

    O coronavírus é uma arma biológica segundo o Dr. Francis Boyle, autor da lei BioWeapons dos EUA


    Coronavírus: arma biológica?Em uma entrevista explosiva pelo seu conteúdo, o Dr. Francis Boyle, que redigiu a Lei de Armas Biológicas aprovada pelo Congresso dos EUA em 1989, deu uma declaração detalhada, admitindo que o novo Coronavirus de Wuhan é uma arma de guerra biológica [BIOWEAPON] ofensiva e que a Organização Mundial da Saúde (OMS) já sabe disso.

    Recentemente, o senador americano Tom Cotton, do Arkansas, também desmantelou a reivindicação da grande mídia na quinta-feira, que fixou o surto de coronavírus em um mercado que vende animais mortos e vivos, com o senador alegando que o coronavírus é uma arma biológica.

    Francis Boyle é professor de direito internacional na Faculdade de Direito da Universidade de Illinois. Ele elaborou a legislação de implementação doméstica dos EUA para a Convenção de Armas Biológicas, conhecida como Lei Antiterrorismo de Armas Biológicas de 1989, que foi aprovada por unanimidade pelas duas Casas do Congresso dos EUA e sancionada pelo presidente George H.W. Bush.

    Dr Francis Boyle Coronavirus Biological Warfare Weapon

    Em entrevista exclusiva concedida à Geopolitics & Empire , o Dr. Boyle discute o surto de coronavírus na China e o laboratório de patologias em Wuhan de Nível de Biossegurança 4 (BSL-4)[o mais elevado], do qual ele acredita que a doença infecciosa escapou.

    Ele acredita que o novo coronavírus é potencialmente letal e uma arma de guerra biológica ofensiva ou um agente de armas de guerra biológica de uso duplo modificado geneticamente com ganho de propriedades funcionais, razão pela qual o governo chinês originalmente tentou encobri-lo e agora está tomando medidas drásticas para contê-lo.

    Assista a entrevista:

    O laboratório Wuhan BSL-4 também é um laboratório de pesquisa da Organização Mundial da Saúde (OMS) especialmente designado e o Dr. Boyle afirma que a OMS sabe muito bem o que está ocorrendo com esse surto na China

    O Dr. Boyle também cita o relatório exclusivo Coronavirus Bioweapon da GreatGameIndia – onde se relata em detalhes como agentes cientistas virologistas chineses de guerra biológica, que trabalharam no laboratório canadense em Winnipeg, estavam envolvidos no contrabando de Coronavirus para o laboratório de Wuhan a partir de onde acredita-se ter sido propagado o atual surto.

    A posição do Dr. Boyle contrasta fortemente com a narrativa da mídia convencional sobre o vírus ser originário do mercado de frutos do mar, o que está sendo cada vez mais questionado por muitos especialistas. Recentemente, o senador americano Tom Cotton, do Arkansas, também desmantelou a narrativa da grande mídia na quinta-feira, que diz que o surto se originou em um mercado que vende animais mortos e vivos.

    Em um vídeo que acompanha seu post, o senador Cotton explicou que o mercado de Wuhan (que Cotton incorretamente chamou de mercado de frutos do mar) demostrou que especialistas dizem não ser a fonte do contágio do mortal vírus.

    Cotton fez referência a um estudo da Lancet que mostrou que muitos [13 casos dos primeiros 41 infectados] dos primeiros casos do novo coronavírus, incluindo o paciente zero, não tinham conexão com o mercado de Wuhan – minando a narrativa da grande mídia.

     

    “Como um epidemiologista disse: ‘Esse vírus entrou no mercado de frutos do mar antes de sair do mercado de frutos do mar’. Ainda não sabemos de onde ele se originou”, disse Cotton.

    “Eu observaria também que Wuhan também possui o único super laboratório de nível quatro de bio-segurança da China que trabalha com os patógenos mais mortais do mundo incluindo, sim, o coronavírus”.

     

    Tais preocupações também foram levantadas por JR Nyquist , o conhecido autor dos livros “Origins of the Fourth World War” and “The Fool and His Enemy,” e como co-autor do livro “The New Tactics of Global War”. Em seu artigo perspicaz, ele publicou discursos secretos proferidos a quadros de alto nível do Partido Comunista pelo ministro da Defesa chinês, general Chi Haotian, explicando um plano de longo prazo para garantir um renascimento nacional chinês – que teria como catalizador o plano secreto da China para criar vírus como armas biológicas [BIOWEAPONS].

    Nyquist deu três pontos de dados diferentes para argumentar na análise do coronavírus. Ele escreve:

     

    O terceiro ponto de dados que vale a pena considerar: a revista GreatGameIndia publicou um artigo intitulado ” Coronavirus Bioweapon – Como a China roubou o coronavírus do Canadá e o armou”.

    Os autores foram espertos o suficiente para colocar o artigo do Virology Journal de Khan junto com as notícias de uma violação de segurança por cidadãos chineses no Laboratório Nacional de Microbiologia do Canadá (P4) em Winnipeg, onde o novo coronavírus foi supostamente armazenado com outros organismos letais. Em maio passado, a Real Polícia Montada do Canadá foi chamada para investigar ; no final de julho, os cientistas [e agentes] chineses foram expulsos da instalação. A principal cientista chinsa ( Dra. Xiangguo Qiu ) estava fazendo viagens entre Winnipeg e Wuhan.

     

    Enquanto isso, a narrativa da grande mídia ainda mantém que a origem do Coronavírus 2019  é o Mercado de Frutos do Mar de Wuhan. Depois que a GreatGameIndia  publicou a história no  Coronavirus Bioweapon  – não foi apenas o nosso banco de dados invadido e nossos  relatórios bloqueados pelo Facebook  pela frágil razão pela qual eles não conseguiram encontrar a  página do GreatGameIndia no Facebook , mas o relatório em si foi violentamente atacado pela revista Foreign Policy, pelo  PolitiFact (conhecida amplamente como braço de propaganda do Facebook)  e BuzzFeedNews.

    Não é só a GreatGameIndia que está sendo atacada violentamente.  Zero Hedge, um blog de mídia alternativa popular, foi suspenso pelo Twitter por publicar uma história relacionada a um estudo  por cientistas indianos que descobriu que o  Coronaviru s Wuhan 2019  sofreu mutação e não evoluiu naturalmente [teve elementos do virus HIV implantados por engenharia genética no coronavirus Wuhan], levantando a possibilidade de ele ser criado em um laboratório. Surpreendentemente, o próprio estudo foi alvo de fortes críticas on-line de especialistas em mídias sociais, resultando na retirada do artigo da descoberta pelos cientistas.

    Em retaliação, o governo da Índia lançou uma investigação em larga escala contra o Instituto Wuhan de Virologia da China . O governo indiano ordenou uma investigação sobre um estudo em conjunto realizado no estado de Nagaland (nordeste da China) por pesquisadores dos EUA, China e Índia em morcegos e humanos portadores de anticorpos contra vírus mortais como o Ebola.

    estudo foi analisado por dois dos 12 pesquisadores pertencentes ao Departamento de Doenças Infecciosas Emergentes do Instituto Wuhan de Virologia da China, e foi financiado pela Agência de Redução de Ameaças de Defesa (DTRA) do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

    O estudo , conduzido por cientistas do Instituto Tata de Pesquisa Fundamental, do Centro Nacional de Ciências Biológicas (NCBS), do Instituto Wuhan de Virologia, da Universidade de Serviços Uniformados em Ciências da Saúde nos EUA e da Universidade Nacional Duke em Cingapura, agora está sendo investigado como os cientistas tiveram permissão para acessar amostras vivas de morcegos e caçadores de morcegos (humanos) sem as devidas permissões de organismos do estado indiano.

    Você quer mesmo saber como esse coronavírus “surgiu na China” e se espalhou pelo mundo em pouco tempo? Ao pesquisar os arquivos de registros de patentes nos EUA on-line, foi descoberto o registro de uma patente de Coronavírus concedida para o C.D.C. –  Centers for Disease Control and Prevention [se trata do principal instituto nacional de saúde pública dos EUA. O C.D.C. é uma agência federal dos EUA sob o United States Department of Health & Human Services (HHS)] que tem sua sede em Atlanta, Geórgia. Assim emerge um fato indiscutível, o de que o “DONO” DESSE VÍRUS MORTAL E SEU CRIADOR é o PRÓPRIO C.D.C. (Centro de Controle e Prevenção de Doenças).

    O coronavírus do surto atual não teve origem na China, mas FOI IMPLANTADO neste país asiático com a clara intenção de causar o maior dano possível aos chineses. A consequência natural, quando [se já não descobriu] a China perceber que a eclosão do surto pode ter sido um ataque de BIOWEAPON ao seu território e contra seu povo, qual será o tipo de resposta a ser dada pela China aos [ir]responsáveis pela contaminação. Começamos a ano de 2020 com muitos que operam nas sombras desejando aumentar o caos no planeta.

    Patente do coronavírus

    Na patente acima, do registro de um CORONAVÍRUS [uma BIOWEAPON], você encontrará 72 páginas de conteúdo para poder julgar esse letal “surto repentino e desconhecido de coronavírus” na China . Leia a patente nesse link primeiro, faça o download e compartilhe este artigo amplamente antes que os AGENTES do DEEP STATE a excluam. Mantenha-se sábio, com discernimento e saudável!

    Fonte: https://greatgameindia.com

     

    Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
    © Atividade Oculta