Siga a página no Facebook
config

    Notícias

    O surto de coronavírus não mostra sinais de desaceleração, enquanto os crematórios queimam os corpos 24 horas por dia


    O surto de coronavírus não mostra sinais de desaceleração, enquanto os crematórios queimam os corpos 24 horas por diaO surto deste misterioso novo coronavírus está ficando mais assustador a cada dia que passa. Como você verá abaixo, até a grande mídia admite que o número de casos não mostra "sinais de desaceleração", embora o governo chinês tenha implementado medidas draconianas em uma tentativa desesperada de conter o vírus.

    Muita gente no mundo ocidental continua insistindo que esta doença não é mais perigosa que a gripe comum, mas os chineses nunca haviam trancado cidades inteiras antes da gripe. Nos últimos dias, as imagens que saíram da China foram absolutamente horríveis. Se essas imagens forem reais, as pessoas estão literalmente caindo mortas em restaurantes, shoppings e centros de transporte público. No epicentro desse surto, os crematórios em Wuhan estão queimando corpos 24 horas por dia, enquanto tentam acompanhar o fluxo de cadáveres que chegam, e os trabalhadores dessas instalações ficam completa e totalmente sobrecarregados.

    Os números aumentam assustadoramente...

     

    O número de mortos e o número de pessoas infectadas pelo coronavírus Wuhan continuam a crescer, sem sinais de desaceleração, apesar dos métodos severos de quarentena e controle populacional estabelecidos na China central.

    O número de casos confirmados globalmente era de 28.256 na manhã de quinta-feira, com mais de 28.000 na China. O número de casos na China cresceu 3.694, ou 15%, no dia anterior. Até agora, houve 563 mortes, todas, exceto duas, na China, sendo uma nas Filipinas e uma em Hong Kong.

     

    Você pode imaginar como as coisas irão piorar se os números dobrarem aproximadamente a cada três dias?

    É claro que muitos são extremamente céticos quanto aos números oficiais que o governo chinês está nos dando são precisos. Relatos parecem indicar que a situação é muito pior do que estamos sendo informados, e isso inclui testemunhos em primeira mão, como de um funcionário de uma funerária em Wuhan

     

    Um trabalhador da Caidan Funeral Home, no subúrbio de Wuhan, afirmou que os funcionários estão trabalhando “24/7” para lidar com os corpos, relata o Epoch Times.

    O trabalhador disse que a equipe está exausta e está trabalhando sem equipamento adequado.

    Identificado apenas como Sr. Yun, ele disse: "90% de nossos funcionários trabalham 24 horas por dia, sete dias por semana ... não podíamos voltar para casa".

    Friamente, ele afirmou: "Todas as câmaras de cremação de Wuhan estão funcionando 24 horas".

     

    Segundo Yun, suas instalações precisam de "pelo menos 100 sacos" todos os dias. Se qualquer outro centro de cremação da cidade estiver lidando com uma carga de trabalho semelhante, isso indicaria fortemente que o verdadeiro número de mortos é MUITO, mas muito maior do que os números oficiais que estamos recebendo.

     

     

    As imagens de vídeo que circulam nas mídias sociais também parecem apoiar as alegações de Yun

     

    Enquanto isso, vídeos de trabalhadores que lidam com a crise estão circulando nas redes sociais, incluindo um de um trabalhador em uma funerária de Wuhan que compartilhou imagens de mais de 10 corpos deitados em macas, alinhados para a cremação.

    Alguns internautas também compartilharam vídeos gravados em diferentes hospitais de Wuhan, mostrando corpos esperando para serem transferidos dos hospitais para casas funerárias.

     

     

     

    Aqui no mundo ocidental, muitas pessoas ainda não estão levando a sério essa crise.

    Mas na China acontecem coisas absolutamente insanas. Acretide: as autoridades chinesas começaram a trancar algumas vítimas dentro de suas próprias casas ...

     

    O vídeo mostra dois policiais trancando a porta e pergunta ao morador lá dentro: "Você tem arroz e legumes suficientes em casa?"

    "Acho que sim", responde a pessoa lá dentro.

    "OK, então não saia", responde o policial, acrescentando: "Estamos trancando sua porta do lado de fora. Não saia. É bom para todos. "

     

    Eventualmente, a polícia voltará e verificará as vítimas.

    Se eles não estiverem mais vivos, eles serão colocados em sacos e enviados para um crematório.

    Será que veremos coisas semelhantes acontecerem nos países ocidentais?

    Esperemos que não, mas ficou bem claro que este é um surto muito grave.

    De todas as histórias, talvez a mais comovente de todas seja a história de uma mulher que passou o vírus para o bebê recém-nascido…

     

    Um bebê chinês foi diagnosticado com coronavírus apenas 30 horas depois que uma mulher que stava com a doença mortal deu à luz no epicentro da cidade de Wuhan, segundo a mídia estatal.

    Médicos do Hospital Infantil de Wuhan na quarta-feira citaram o caso como evidência de que mulheres grávidas infectadas com o vírus podem passá-lo para seus filhos ainda não nascidos, de acordo com a emissora estatal CCTV.

     

     

    Você pode imaginar como essa mãe deve estar com coração partido agora?

    Infelizmente, parece que não demorará muito para que essa seja uma verdadeira pandemia global. Neste momento, Cingapura e Coréia do Sul têm mais de 20 casos confirmados

     

    Cingapura anunciou hoje um novo caso confirmado de coronavírus, elevando seu total para 25.

    A Coréia do Sul também confirmou mais quatro casos hoje, elevando o total nacional para 23.

     

    Nos Estados Unidos, já existem 12 casos confirmados… 

     

    Wisconsin confirmou seu primeiro caso de coronavírus, disseram autoridades estaduais na quarta-feira.

    O novo paciente, de idade e sexo não revelados, é o décimo segundo caso confirmado nos EUA, após ter resultado positivo para o vírus no Hospital da Universidade de Wisconsin, em Madison.

     

    Ainda não sabemos o quão ruim esse surto acabará se tornando no mundo.

    Entramos em um momento de grande caos em todo o planeta, e esse vírus certamente tem o potencial de acelerar muito esse caos.

    Mas esse surto também pode cessar em breve, e então seria considerado pela maioria das pessoas nos países ocidentais como um "alarme falso".

    Por enquanto, continuaremos acompanhando atentamente os últimos desenvolvimentos a cada dia. A Organização Mundial da Saúde diz que "não existem remédios eficazes" para esse vírus, e o número de casos continua aumentando. A China já foi completamente dominada pelo pânico, e se esse surto continuar se espalhando, é apenas uma questão de tempo até que mais nações também sejam paralisadas pelo medo.

     

    Fonte: The Economic Collapse
    Tradução: Édson de Oliveira

    Sobre  |  Siga no Facebook  |   Contato
    © Atividade Oculta